Após flexibilização, construtores mineiros recuperam confiança na economia

Desde um recuo histórico em abril, essa é a primeira vez que a pesquisa indica a volta da confiança

(Foto: freepik.com)

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Os empresários da Indústria da Construção de Minas Gerais voltaram a ter confiança com o desempenho da economia. É o que aponta um levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Desde um recuo histórico em abril, essa é a primeira vez que a pesquisa indica a volta da confiança entre os construtores mineiros, após a flexibilização da quarentena no estado.

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) aumentou 6,0 pontos ante julho (45,6 pontos) e atingiu 51,6 pontos em agosto. Valores acima de 50 pontos apontam percepção de melhora na situação atual e expectativa positiva para os próximos seis meses. Essa foi a quarta elevação seguida do indicador após o recuo histórico ocorrido em abril, quando marcou 34,1 pontos.

Além disso, o componente de condições atuais aumentou pelo segundo mês seguido, marcando 42,3 pontos em agosto, após registrar cinco quedas consecutivas. O resultado demonstrou menor insatisfação dos empresários do setor com as condições das economias brasileira e mineira, e das suas empresas. O indicador ficou 7,7 pontos acima do apurado em julho (34,6 pontos).

Já o componente de expectativas apontou construtores otimistas quanto às condições das economias brasileira e mineira, e dos seus negócios, nos próximos seis meses. O índice alcançou 56,3 pontos em agosto, elevação de 5,2 pontos frente a julho (51,1 pontos). O resultado ficou 2,8 pontos abaixo do verificado em agosto de 2019 (59,1 pontos).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
Minas em númerosÚltimas

All Comments