Coronavírus: atividade industrial mineira tem pequena melhora em maio

A melhora se deu, principalmente, pelo início do relaxamento das medidas de distanciamento social adotadas para conter o avanço da Covid-19

imagem de indústria

Freepik.com

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Mesmo sofrendo com a crise econômica agravada pela pandemia do novo coronavírus, a atividade industrial mineira teve uma leve recuperação da atividade em maio, na comparação com abril. É o que aponta um levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG).

A melhora se deu, principalmente, pelo início do relaxamento das medidas de distanciamento social adotadas para conter o avanço da Covid-19. Após ter registrado, em abril, uma das quedas mais expressivas da série histórica (-14,0%), o faturamento da indústria geral (indústria de transformação + indústria extrativa) cresceu 9,2% em maio.

O avanço foi puxado pelo resultado positivo da indústria de transformação, que apresentou elevação de 10,2% em seu faturamento. As horas trabalhadas na produção e a utilização da capacidade instalada da indústria geral também aumentaram, após a retomada das atividades em indústrias que estavam paralisadas.

O emprego, após a queda recorde do mês anterior, ficou praticamente estável em maio. Por sua vez, a massa salarial e o rendimento médio real recuaram depois do aumento verificado em abril, quando houve concentração de pagamentos de participação nos lucros, de férias e de rescisões.

Apesar da melhora da atividade industrial em maio, a incerteza frente ao risco de novas ondas de contaminação pela Covid-19 ainda é elevada. A possibilidade de novas rodadas de isolamento social, como já vem ocorrendo em alguns municípios, bem como a piora das condições financeiras das empresas e das famílias trazem dúvidas quanto ao ritmo de retomada da economia nos próximos meses.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
Minas em númerosÚltimas