Em parceria inédita com banco multilateral, BDMG anuncia captação de US$ 36 mi

Os recursos captados com o banco de desenvolvimento multilateral formado por Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai visam estruturar linhas de crédito para municípios mineiros

(Foto: pixabay.com)

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Em uma parceria inédita, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) firmou o primeiro contrato de um banco público brasileiro com o Fonplata, banco de desenvolvimento multilateral formado por Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. O acordo disponibiliza ao BDMG recursos de US$ 36 milhões durante um período máximo de oito anos.

A oficialização do contrato ocorreu nesta segunda-feira (18/5), após a assinatura de um memorando de entendimento entre as duas instituições em 5 de março, no Uruguai. “Estes recursos que captamos visam estruturar linhas de crédito para municípios mineiros neste momento desafiador, em que os impactos socioeconômicos da pandemia de covid-19 requerem respostas rápidas. Estamos focados em criar oportunidades de diversificação da origem dos nossos recursos, o que envolve ampliarmos o relacionamento com os bancos multilaterais de fomento”, afirma Sergio Gusmão Suchodolski, presidente do BDMG.

Outros acordos

O BDMG também assinou, em 27/4, uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), destinada à estruturação do projeto de concessão de lote rodoviário de aproximadamente 300 quilômetros de extensão, que inclui os municípios de Mariana e Brumadinho, no âmbito do Programa Estadual de Concessões Rodoviárias.

Em outubro de 2019, o banco realizou a maior captação internacional de sua história: 100 milhões de euros, provenientes do Banco Europeu de Investimento (BEI) para financiamento de projetos privados e públicos ligados a energias renováveis e eficiência energética.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
Últimas