Coronavírus faz maioria das indústrias em MG diminuir ou paralisar produção

Sete em cada 10 empresas registraram queda na demanda, além de dificuldade no acesso a insumos necessários à sua produção

(Foto: freepik.com)

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Sete em cada 10 empresas registraram queda na demanda, além de dificuldade no acesso a insumos necessários à sua produção. É o que aponta a Sondagem Especial realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) com indústrias mineiras.

A pesquisa mostrou que a pandemia da Covid-19 tem causado impactos significativos na indústria e a maioria delas diminuiu ou paralisou sua produção.

A adoção do distanciamento social para atenuar a disseminação do vírus gerou a interrupção de diversas atividades econômicas, afetando o emprego e a renda das famílias.

As indústrias tiveram seu fluxo de caixa severamente prejudicado: cerca de metade teve a capacidade para realizar pagamentos rotineiros comprometida e enfrentou maior dificuldade ao buscar crédito no sistema financeiro.

O estudo também mostrou que a pandemia obrigou as empresas a readequarem suas normas sanitárias e as condições de trabalho oferecidas aos funcionários, tanto para evitar a propagação da doença, quanto em resposta à queda na demanda.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
Minas em númerosÚltimas