Boa notícia: BDMG prorroga condições de crédito para empreendedoras

Na crise, Banco une visão social e econômica, ao tratar de forma diferenciada empresas lideradas por mulheres, que já são maioria como chefe de família no país

(Foto: freepik.com)

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) acaba de anunciar a prorrogação das condições especiais de financiamento em sua linha de crédito Empreendedoras de Minas, voltada para micro e pequenas empresas lideradas por mulheres. As taxas de juros iniciais, reduzidas a 0,80%, passam a vigorar até 30 de junho.

O prazo de carência dobrou de três para seis meses e o financiamento pode ser pago em até 48 parcelas fixas. A iniciativa é uma das ações do Governo de Minas, por meio do BDMG, para minimizar os impactos socioeconômicos da pandemia de Covid-19.

Critérios

Podem acessar o crédito empresas mineiras com participação societária feminina igual ou superior a 50% do capital social, há pelo menos seis meses. “Estas condições mais acessíveis reforçam o empenho do BDMG em apoiar o empreendedorismo feminino em Minas, neste momento de desafios causado pela pandemia. Queremos estimular ainda mais as oportunidades de igualdade de gênero em nossa sociedade, alinhando o perfil de nossos financiamentos com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU”, afirma o presidente do BDMG, Sergio Gusmão.

Serviço

A iniciativa vai ao encontro da declaração, dada neste mês, por Phumzile Mlambo-Ngcuka, vice-secretária geral da ONU. Ela chegou a afirmar que “linhas de ajuda para mulheres devem ser consideradas um serviço essencial para todos os países, com financiamento específico e amplos esforços para aumentar a conscientização sobre sua disponibilidade”. 

Também diretora executiva da ONU Mulheres, ela destacou ainda a situação das pequenas empresas: “Essas empresas estão sofrendo e precisam de suporte econômico, mas as empresas chefiadas por mulheres têm menos capacidade financeira para lidar com a crise e obter autofinanciamento”, afirmou.

Para avaliar a contratação do crédito, as empreendedoras podem fazer uma simulação de forma ágil e sem burocracia por meio da plataforma BDMG Digital, disponível no site do banco: www.bdmg.mg.gov.br, ou procurar os diversos correspondentes bancários do Banco presentes em todas as regiões do estado.

Investimentos

A ação se agrega ao plano anunciado pelo Governo de Minas, em 8 de abril, de apoio ao micro e pequeno empreendedor mineiro, por meio do BDMG, em tempos de Covid-19. Estão previstos desembolsos de aproximadamente R$ 1,1 bilhão para o segmento até o fim do ano.

Outros grupos

Também são oferecidas ao empreendedor alternativas como a possibilidade de renegociação de dívidas (para clientes adimplentes), redução dos juros para micro e pequenas empresas em geral; a agilização de processos (dispensa de documentos) e a ampliação em R$ 100 milhões do limite de crédito disponível via Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), do BNDES.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
EconomiaÚltimas