Passagem aérea sobe 20% em Minas; ANAC lava as mãos

Os preços das passagens aéreas subiram absurdos 20% em Minas nos últimos 12 meses, contra uma inflação média de 3,5% no país

(Foto: divulgação/BH Airport)

Da redação
redacao@interessedeminas.com.br

Os preços das passagens aéreas subiram absurdos 20% em Minas nos últimos 12 meses, contra uma inflação média de 3,5% no país. Em nível nacional, o resultado é ainda mais assustador: as passagens subiram 31%.

Em vez de também defender os interesses da população, a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – funciona na prática como “advogada” das empresas do setor. A desculpa esfarrapada é de que a precificação do segmento é complexa e depende de fatores como oferta, demanda e concorrência. Ou seja, não existe regulação. Para a ANAC, a população que se dane.

No governo Temer, por exemplo, a ANAC liberou a cobrança por mala nos voos sob o argumento de que a medida iria reduzir o preço das passagens. E que a entidade iria fiscalizar “possível formação de cartéis” por parte das companhias. Quem tem viajado nos últimos meses sabe exatamente o que está acontecendo…

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Article Categories:
Papo retoÚltimas

All Comments